ELIMINAÇÃO DA DISCRIMINAÇÃO
PROMOÇÃO DA IGUALDADE
ENTRE HOMENS E MULHERES
PÁGINA INICIAL
APRESENTAÇÃO
EQUIPA
PRINCÍPIOS
OBSERVATÓRIO
» em foco
» opinião
» análise
» conciliação
MATERIAL
LINKS
ENTREVISTAS COM...
»  NÃO DEVERIA SER AO CONTRÁRIO?
»  flexibilizar para conciliar
»  08.03.2013
»  time swing
»  olhos nos olhos
»  100 anos da moda
»  Rostos
»  Babies
ARQUIVO
» Trabalho
» Família
» Cidadania
» Mulher
 

COORDENADORA EM PORTUGAL
DA NEW WOMEN FOR EUROPE
 
 
ARQUIVO
TRABALHO
 
Empresa e Família são re-conciliáveis? Estudo garante ser possível o equilíbrio
(Irina Marcelino e Raquel Carvalho, Diário Económico, 29/06/2005)
Um estudo desenvolvido pelo centro de investigação Trabalho-família, da Universidade de Navarra, analisou como pode uma empresa sem políticas de responsabilidade familiar, implementar aos poucos uma cultura de conciliação entra estas duas esferas.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Apostando no depois de amanhã
(I.M., Diário Económico, 25/05/2005)
Considerando que podiam dar uma mais-valia ao conceito de Empresa Familiarmente Responsável, a PT (Portugal Telecom) decidiu participar no evento organizado pela Deloitte e pela AESE muito em parte pela sua "preocupação com a sustentabilidade", explicou Luís Moura, Director da Direcção de Activos Humanos Corporativa da companhia. Uma sustentabilidade que tem como visão um futuro a médio-longo prazo e não apenas o curto.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Intuitivamente responsável
(I.M., Diário Económico, 22/06/2005)
Apesar de não conhecer o conceito de Empresa Familiarmente mais Responsável, Inês Branco, administradora da Têxtil Nortenha, que mereceu uma das menções honrosas do evento, defende que o assunto "é e sempre foi bastante importante" na sua empresa.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
«Harmonia entre vida profissional e familiar essencial para retenção de valores»
(I.M., Diário Económico, 04/05/2005)
Desde sempre foi preocupação da IBM criar condições para que os empregados pudessem melhor coordenar os aspectos da sua vida profissional com a pessoal e a familiar, diz José Joaquim Oliveira, administrador da IBM portuguesa.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Um verbo difícil
(Inês de Barros Baptista, Directora da revista Pais & Filhos, Diário Económico, 04/05/2005)
Eu concilio. Sim, vou fazendo os possíveis... Para dizer a verdade, nem sei muito bem o que é isso. Só se for andar sempre a correr de um lado para o outro, nem sei para quê.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
«As empresas foram feitas para homens do século passado»
(Irina Marcelino, Diário Económico, 11/05/2005)
Núria Chinchilla acredita que falta um pai à família e uma mãe à sociedade, muito porque as empresas ainda não seguem o conceito “familiarmente responsável”.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
 
Primeira    Anterior    Seguintes    Última
 
 
     
   
Direitos reservados © Associação Mulheres em Acção
E-mail geral@mulheresemaccao.org
 
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER - CLIQUE AQUI