ELIMINAÇÃO DA DISCRIMINAÇÃO
PROMOÇÃO DA IGUALDADE
ENTRE HOMENS E MULHERES
PÁGINA INICIAL
APRESENTAÇÃO
EQUIPA
PRINCÍPIOS
OBSERVATÓRIO
» em foco
» opinião
» análise
» conciliação
MATERIAL
LINKS
ENTREVISTAS COM...
»  NÃO DEVERIA SER AO CONTRÁRIO?
»  flexibilizar para conciliar
»  08.03.2013
»  time swing
»  olhos nos olhos
»  100 anos da moda
»  Rostos
»  Babies
ARQUIVO
» Trabalho
» Família
» Cidadania
» Mulher
 

COORDENADORA EM PORTUGAL
DA NEW WOMEN FOR EUROPE
 
 
ARQUIVO
MULHER
 
O atraso da maternidade expõe problemas de saúde pública
(www.aceprensa.com, )
O Alto Conselho da População e da Família na França emitiu um comunicado no qual mostra a sua preocupação pelo crescente atraso da maternidade. A idade Média da primeira maternidade passou dos 24 anos em 1970 a 29,6 em 2004.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Sindroma pós-aborto é dos mais sérios problemas para as mulheres-médico
(Lusa, 16/06/2005)
Lisboa, 16 Jun (Lusa) - Uma elevada percentagem de mulheres que faz abortos corre riscos físicos e psicológicos e um dos mais sérios é o sindroma pós-aborto, afirmou hoje, em Lisboa, o professor catedrático e psiquiatra espanhol Aquilino Lorente.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Muitas mulheres sofrem de sindroma pós-aborto
(Portugal Diário, 15/06/2005)
Uma elevada percentagem de mulheres que faz abortos corre riscos físicos e psicológicos e um dos mais sérios é o sindroma pós-aborto, afirmou hoje, em Lisboa, o professor catedrático e psiquiatra espanhol Aquilino Lorente.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Aborto pode ter riscos físicos e psicológicos
(Sónia Lamy, Metro, 16/06/2005)
Falta de estudos e informação estatística limitam a actuação dos profissionais.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Aborto traz riscos sérios
(Correio da Manhã, 16/06/2005)
Uma elevada percentagem de mulheres que pratica um aborto corre sérios riscos físicos e psicológicos e um dos mais sérios é o síndroma pós-aborto, afirmou ontem o psiquiatra espanhol Aquilino Lorente.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Entre a histeria e a história
(Covadonga D’lhe, Presidente de Edições Cónica e do ISEM, Telva, 01/06/2005)
Em Nova Iorque, submetida de forma radical à fúria anti-tabaco, presenciei, dias atrás, uma “cena de opereta”. Eu deixei de fumar à muitos anos. Está demonstrado medicamente que o tabaco prejudica e aplaudo as medidas para evitá-lo, mas não me cabe na cabeça o histerismo no qual cai este tema.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
 
Primeira    Anterior    Seguintes    Última
 
 
     
   
Direitos reservados © Associação Mulheres em Acção
E-mail geral@mulheresemaccao.org
 
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER - CLIQUE AQUI